Filho de prefeito confessa ter agredido homossexual

Segundo a delegada Daniella Kades, Baird disse que ele, um primo e mais dois amigos estavam embriagados

O estudante de direito André Baird, 20 anos, confessou à polícia que ajudou a agredir um homossexual de 21 anos na madrugada de sexta-feira, em Campo Grande (MS), próximo a uma boate gay. Baird é filho do prefeito de Costa Rica (MS), Jesus Queiroz Baird, que disse estar "arrasado" com o caso. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a delegada Daniella Kades, Baird disse que ele, um primo e mais dois amigos estavam embriagados durante a agressão. O grupo teria passado de carro por dois jovens e ido em direção a um deles. O rapaz agredido diz que levou socos e chutes e que foi chamado de "veado". O advogado dos rapazes, Wagner Leão do Carmo, admite as agressões, mas nega homofobia. Carmo disse que os quatro estavam alcoolizados e queriam brigar, independentemente da orientação sexual da vítima. "A boate gay fica a três quadras do local da briga, não tinha como eles saberem que alguém era homossexual", afirmou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br