Filiado ao PSC, Dr. Rey quer ser presidente do Brasil e oferecer cirurgias plástica para população

Filiado ao PSC, Dr. Rey quer ser presidente do Brasil e oferecer cirurgias plástica para população

Ele quer oferecer serviços gratuitos de cirurgia plástica às pessoas com baixa renda

O cirurgião plástico Roberto Miguel Rey, o Dr. Rey, está animado com a filiação ao Partido Social Cristão (PSC) e a disputa ao posto de deputado federal. A razão? Além de já ter projetos ligados à saúde, ele tem uma ambição: ser presidente do Brasil. Isso mesmo! Caso ganhe a eleição, a principal plataforma que ele pretende trabalhar é a área de saúde. Dr. Rey acaba de comprar um apartamento luxuoso na Vila Olímpia, em São Paulo, mas pretende se instalar em Manaus. No Amazonas, ele quer oferecer serviços gratuitos de cirurgia plástica às pessoas com baixa renda.

Dr. Rey, aos amigos, diz ser um absurdo o Brasil ainda estar na posição de terceiro mundo. Segundo o cirurgião, com mudanças, o país tem potencial para virar referência mundial. Dr. Rey tem 52 anos, há 40 anos vive nos Estados Unidos e tem um faturamento anual ? entre cirurgias, palestras e TV ? de cerca de R$ 200 milhões. Com a nova carreira, ele gastará os milhões no Brasil e os dois filhos vão permanecer nos EUA.

Em tempo: ele deve deixar a RedeTV!. Afinal, para alinhar com as suas ambições políticas, ele quer emplacar um programa social na telinha. No SBT ou na Record, ele deve implantar um formato em que seleciona pessoas carentes de todo o Brasil e as leva para fazer plástica em Beverly Hills, em Los Angeles.

Ainda sobre política, mesmo sendo do PSC, ele está em parceria com Celso Russomano, hoje na Record e integrante do PRB (Partido Republicano Brasileiro) para abrir, nos próximos três anos, 3 mil clínicas com o seu nome. Russomano vai ser sócio.

Fonte: Terra