Firmino corta R$ 70 milhões de pessoal e investimentos

Prefeito assinou decreto determinando o contingenciamento de R$ 70 mi da Prefeitura.

O prefeito Firmino Filho assinou decreto determinando o contingenciamento de R$ 70 milhões nas contas da Prefeitura Municipal de Teresina. A redução tem o objetivo de organizar o fluxo de caixa se adequando ao orçamento para que a Prefeitura possa traçar um planejamento de investimentos que possam atender as necessidades dos teresinenses e que estejam de acordo com o Plano de Governo apresentado por ele durante a campanha eleitoral.

Segundo o secretário executivo de Orçamento e Gestão da Secretaria Municipal de Planejamento, Francisco Canidé, a pretensão é reduzir despesas com custeio de R$ 30 milhões e R$ 40 milhões em investimento. ?Ainda com os cortes de investimentos, haverá um aumento de 12% dos investimentos em relação ao ano passado?, pontuou.

A Prefeitura reuniu ontem representantes de todos os órgãos municipais para traçar estratégias de redução de despesas. A ordem é contingenciar despesas devido a situação de dificuldade financeira encontrada pela atual gestão municipal. O encontro aconteceu no Salão Nobre do Palácio da Cidade.

Devem ser reduzidas as despesas com pessoal, água, luz, telefone, lixo e iluminação pública. A Prefeitura quer também trabalhar suas ações com planejamento a curto, médio e longo prazo. Por conta disso, cada secretaria deve enviar sua programação mensal de empenho e pagamento de custeio e investimentos para a Comissão de Finanças, que é composta pela Secretaria de Administração, Planejamento e Finanças.

?Esse planejamento é essencial para que a Comissão de Finanças possa se programar e honrar os compromissos firmados com os teresinenses?, argumentou Canidé.

Fonte: Ananias Ribeiro