Firmino diz que legislação vai incentivar verticalização no Centro

Firmino participou de uma carreata na zona Sul de Teresina.

Ao participar de carreata na zona Sul de Teresina, iniciada às margens do rio Parnaíba na avenida Maranhão, o candidato do PSDB à reeleição, Firmino Filho, afirmou que a zona Sul possui uma obra importante que está sendo realizada pela Prefeitura de Teresina, que é o Balão da Miguel Rosa.

Ele disse que tem o Balão da Tabuleta e irá fazer um Balão no Parque Piauí, com recursos do Ministério de Integração. “Essas obras serão entregue no próximo ano”, falou Firmino.

Firmino durante carreata na zona Sul (Crédito: Efrém Ribeiro)
Firmino durante carreata na zona Sul (Crédito: Efrém Ribeiro)

Ele declarou que uma outra obra muito importante para Teresina, da Via Sul, já está licitada da avenida Marechal Castelo Branco na altura do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), no bairro Ilhotas, até a Ponte Anselmo Dias, no bairro Três Andares.

Segundo Firmino, a prefeitura está buscando recursos junto a Caixa econômica Federal para levar a avenida Via Sul da Ponte Anselmo Dias até o Polo Empresarial Sul, que fica nas margens da rodovia BR-316.

Firmino afirmou que a legislação urbana está sendo mudada para incentivar a construção de edifícios em vez de casas, para aproveitar o solo urbano e os equipamentos públicos e sem expandir muito Teresina, porque, segundo ele, custa muito caro garantir a infraestrutura para bairros mais afastados do centro da cidade.

Ele acrescentou que está fazendo dois documentos importantes: o Plano Diretor do Ordenamento Urbano e Ordenamento Territorial, além do zoneamento da cidade.

“Além do ordenamento urbano, vai facilitar a verticalização no centro de Teresina e nas margens dos Corredores de ônibus, principalmente no eixo da Av. Barão de Gurgueia, na zona Sul.

“A legislação permite a verticalização no centro e nas laterais, nas marginais do corredores de ônibus. A legislação é fundamental para isso, porque é um incentivo e o mercado deve se atentar para isso”, declarou.

Fonte: Efrém Ribeiro, do Jornal Meio Norte