Firmino Filho terá ampla maioria de vereadores na Câmara Municipal

Pelo menos 16, dos 29 vereadores eleitos no pleito deste ano devem estar na base de apoio a Firmino.

Apesar de formalmente coligado apenas com o PSDB, PSD, PSDC, DEM, PPS, e PSCO, e com uma bancada oficial de poucos vereadores eleitos, o prefeito eleito Firmino Filho (PSDB) deve contar com a maioria dos apoios na Câmara Municipal em 2013. Pelo menos 16, dos 29 vereadores eleitos no pleito deste ano devem estar na base de apoio a Firmino. Apenas as bancadas do PT, com três vereadores, do PTB, também com três vereadores e os parlamentares do PP, PPL e PDT, que formaram coligação com o atual prefeito e candidato derrotado Elmano Férrer (PTB), devem se confirmar na oposição.

No PTC, dos três vereadores, Jeová Alencar segue com Firmino. A vereadora Teresa Brito (PV) adiantou que deverá manter uma postura ?independente? na Câmara Municipal, apesar de ter apoiado a campanha à reeleição do prefeito Elmano Férrer (PTB). ?Fui eleita pela coligação, mas principalmente pelo trabalho que fiz. O vereador é de todos os eleitores, assim como a presidente Dilma é de todos os brasileiros?, argumentou.





Ela lembra que quando Firmino Filho foi eleito ?deu muito apoio? ao tucano, mas a partir do segundo mandato de Sílvio Mendes à frente do Palácio da Cidade, Teresa passou a ser tratada como oposição. ?Não estou na base [de apoio ao Firmino], e ano que vem é que vamos ver o comportamento dele para decidir nosso posicionamento. Eu votei contra muitos projetos do Elmano, sou independente?, argumentou Brito. Já o vereador Rodrigo Martins (PSB) afirmou que não tem ?nenhuma dificuldade? de compor com Firmino.

?Todos sabem que fui voto vencido dentro do meu partido e quando a maioria decidiu apoiar o Elmano eu me mantive neutro, mas sempre defendendo os interesses do PSB. Quando o Firmino foi vereador fizemos juntos oposição ao prefeito Elmano e preciso manter a coerência?, argumentou Rodrigo Martins. Ele aposta que o tucano não terá dificuldade de dialogar com os vereadores eleitos para a próxima legislatura. ?Não acredito que os 29 vereadores eleitos votarão contra projetos que tragam benefícios para Teresina?, frisou.

Rodrigo e Teresa trocam farpas após eleição

Para o presidente municipal do PSB em Teresina, Rodrigo Martins, a vereadora do PV, Teresa Britto, tem ?problemas de perseguição pessoal? com o governador Wilson Martins. A parlamentar atribuiu a derrota de Elmano Férrer ao apoio de Wilson, que teria transferido uma rejeição ao prefeito do PTB. Rodrigo Martins disse ainda que Teresa ?nunca foi oposição? enquanto vereadora da capital.

?Só se perde eleição por falta de voto. Não cabe procurar de quem foi a culpa. A candidatura do Elmano cresceu com o apoio do PSB e do governador, que influenciou positivamente?, argumentou Rodrigo. Já a vereadora garantiu que não tem nada contra Wilson Martins, mas que teve ?a coragem de falar a verdade?.

?Houveram muitas greves na educação, entre os fazendários, e isso criou uma imagem ruim dele, de quem não dialoga com a sociedade. Essas categorias são formadoras de opinião?, avalia, acrescentando que Wilson é ?determinado e batalhador?. ?Não tenho problema com ele. O governador pediu voto sim, mas não superou a rejeição dele?, concluiu.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte