Firmino participa de conversa sobre o Aedes aegypti na zona Sudeste

Firmino Filho deu atenção especial ao descarte correto do lixo

A Prefeitura de Teresina realizou mais um ação de combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. O prefeito Firmino Filho, juntamente com técnicos da Fundação Municipal de Saúde (FMS), esteve reunido com lideranças comunitárias da zona Sudeste da cidade para mais um chamamento às comunidades para através da educação vencer a luta contra o mosquito.

Dessa vez o encontro aconteceu na Obra Kolping, no bairro Dirceu, e reuniu dezenas de pessoas engajames em realizar um trabalho de orientação e educação para eliminação do mosquito na comunidade, como a Maria dos Remédios e a Aldaiza Viana, representantes do Conselho Comunitário do Parque Manoel Evangelista. “As atividades de educação e conscientização da população tem dado bons resultados, assim como os outros projetos como o Faxina dos Bairros, e nós estamos presentes para contribuir”, afirmou Maria dos Remédios, presidente do Conselho.

O presidente da Fundação Municipal de Saúde, Francisco Pádua, lembrou que as lideranças comunitárias são parceiros fundamentais nessa batalha. “O poder público está desenvolvendo muitas ações para evitar a proliferação do mosquito, mas é preciso que exista o contato direto dos órgãos públicos com esses multiplicadores para garantir o sucesso desse trabalho”, afirmou.

O prefeito Firmino Filho alertou que o número de casos de microcefalia, doença relacionada ao zika vírus,  tem aumentado em todo o Brasil e que é necessário que cada cidadão faça sua parte e mude seus hábitos para garantir o bem de todos. “O que estamos vivendo é diferente de tudo que já tinhamos visto antes e é muito preocupante. É necessário que cada um de nós tenha cuidado redobrado em casa, no seu local de trabalho, na sua igreja, na escola dos seus filho, em todos os lugares. As lideranças comunitárias tem papel fundamental nesse processo de criar boas iniciativas nas comunidades.”, enfatizou.

Firmino Filho deu atenção especial ao descarte correto do lixo, pedindo que a população fique atenta. “Precisamos rever nossos hábitos de limpeza. Teresina hoje possui 19 ecopontos para o descarte correto do lixo. O Faxina nos Bairros já percorreu 36 bairros da capital e recolheu 1.800 toneladas de lixo, tudo isso produzido por nós, precisamos de engajamento e criatividade para ter uma cidade mais limpa e livre do Aedes aegypti”, disse o prefeito.

O presidente da Associação de Moradores do Bairro Itararé, Raimundo Mendes, garantiu o apoio dos moradores da zona Sudeste. “ Não é uma batalha fácil, mas as lideranças estão fazendo sua parte dia-a-dia para que a campanha cresça cada vez mais dentro das nossas casas e nas ruas”, garantiu.

A diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde, Amariles Borba, falou que, além do Faxina nos Bairros, a Prefeitura de Teresina efetivou outras ações como o decreto que permite a entrada forçada em imóveis abandonados, e faz atividades diárias com os agentes de endemias e os soldados do exército que estão nas ruas. E lembrou que a população também pode colaborar, através do Disque Dengue (0800 286 0007) e pelo aplicativo Colab.  

Fonte: Com informações da Prefeitura de Teresina