"Flora defende apenas seus interesses", diz Fábio Novo

Não aceito suas ameaças! Nunca desrespeitei as resoluções do PT

O deputado estadual Fábio Novo reagiu ontem à declaração da deputada estadual Flora Isabel que co- brou fidelidade do parlamentar e do senador Wellington Dias à decisão dos filiados da capital de compor e apoiar a reeleição do prefeito Elmano Férrer.

Flora chegou a dizer que os dois poderão ser enquadrados em crime de infidelidade partidária se não seguirem a determinação do partido ou apoiarem outro candidato em Teresina.

Fábio Novo, presidente do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores, rechaçou o que chamou de ameaças e lembrou que o PT não vai disputar eleição apenas em Teresina.

"A deputada Flora Izabel não é justa quando propõe que deixemos de cumprir uma agenda definida com antecedência e aprovada pela Executiva Estadual e orientada pela Escola Nacional de Formação do PT com os pré-candidatos do partido.

Não aceito suas ameaças! Nunca desrespeitei as resoluções do PT. A deputada deveria estar juntamente conosco construindo o partido pelo interior. O PT não e só Teresina", disse Novo.

O presidente disse ainda lamentar que Flora esteja defendendo apenas os seus interesses ao exigir a presença dos petistas em Teresina. "Lamento que a parlamentar defenda apenas seus interesses.

O discurso de infidelidade sobre Teresina e na verdade uma cortina que esconde uma disputa pela indicação do candidato a vice na chapa do PTB", afirmou Novo.

O deputado estadual lembrou ainda que Flora Izabel é Secretaria Institucional do Diretório Estadual, mas não participou de nenhum curso de formação com os pré-candidatos do PT.

"A agenda de formação foi definida pela Executiva Estadual da qual ela faz parte. Por interesses contrariados a nobre parlamentar em vez de ajudar a construir o PT prefere ameaçar e tentar impor seu patrulhamento ideológico", finalizou Novo.

Fonte: Ananias Ribeiro