José Gabrielli ficará no comando da Petrobras, diz Lula

Gabrielli é baiano, professor de economia, e chegou à estatal em 2003, assumindo a diretoria financeira

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta-feira que a presidenta eleita, Dilma Rousseff, confirmou a permanência de José Sérgio Gabrielli no comando da Petrobras. A afirmação foi feita por Lula ao iniciar discurso em cerimônia no Ceará.

"Quero cumprimentar a palavra mais importante dada aqui hoje que foi do nosso companheiro José Sérgio Gabrielli que ontem a Dilma confirmou a continuidade dele na presidência da Petrobras", disse Lula no lançamento da pedra fundamental para a implantação de Refinaria Premium 2 da Petrobras.

No dia 17 de dezembro, o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB-MA), que também seguirá no cargo no governo da presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), havia afirmado que Gabrielli seguiria no cargo.

Gabrielli é baiano, professor de economia, e chegou à estatal em 2003, assumindo a diretoria financeira. Dois anos depois ele assumiu a presidência executiva e comandou a companhia em um período de grandes mudanças, sobretudo a partir de 2007, com a descoberta da reserva gigante de Tupi, na camada pré-sal da bacia de Santos.

Neste ano, Gabrielli conduziu a mega operação de oferta de ações da Petrobras que resultou em uma captação de R$ 120 bilhões. A empresa tem um grande plano de investimentos para o Brasil nos próximos anos e deverá ser um dos motores da indústria brasileira sob o governo Dilma, devido às grandes encomendas de equipamentos.

Fonte: Terra, www.terra.com.br