Gastos com eleições suplementares superam os R$ 160 mil

Gastos com eleições suplementares superam os R$ 160 mil

O TRE-PI realizou o total de 16 eleições suplementares desde o resultado das eleições de 2008.

A um ano e quatro meses das eleições municipais de 2012, a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) ainda deve julgar 105 processos por corrupção eleitoral contra prefeitos eleitos em 2008. O gasto da Justiça Eleitoral piauiense com a realização de eleições suplementares para substituição dos gestores cassados já superou R$ 160 mil.

O Tribunal realizou o total de 16 eleições suplementares desde o resultado das eleições de 2008. Segundo dados do TRE, o pleito fora de época que apresentou maior custo foi o da cidade de Campo Maior, quando a Justiça Eleitoral teve um custo adicional de R$ 31.314 mil, para cumprir a determinação da lei.

De acordo com o presidente do TRE, Edvaldo Moura, apesar de os gastos com a realização de novas eleições serem altos, o Tribunal tem trabalhado para que os prefeitos sejam eleitos ?dentro da legalidade?. ?O cumprimento da lei pelo TRE é importante para que os candidatos das próximas eleições saibam que se infrigirem a lei, serão punidos?, declarou.

*Confira matéria completa no Jornal Meio Norte de hoje (22/6/2011)

Fonte: Lídia Brito