Prefeito Gil Paraibano diz que "voz de prisão" foi exagero

Prefeito Gil Paraibano diz que "voz de prisão" foi exagero

Após ter se envolvido em polêmica na sexta-feira santa, o prefeito Gil Paraibano concedeu entrevista

Após ter se envolvido em polêmica na sexta-feira santa em Picos, o prefeito Gil Paraibano concedeu entrevista à Rede Meio Norte nesta terça-feira(26). Ele relatou que estava cansado após ter distribuído alimentos para a população na sexta-feira e que foi prestigiar a missa quando foi surpreendido por um agente policial que segundo ele, de forma arbitrária o mandou tirar o seu carro do local no qual estava estacionado.

" Meu carro estava bem estacionado. Não fui agressivo com ele e nem o tratei mal. Não ingeri bebida alcoólica como disseram, isso foi calúnia", declarou Paraibano. O prefeito de Picos atribui esses episódios, à proximidade do período político. " Esse tipo de notícia prejudica meus negócios e a minha imagem como gestor público. A voz de prisão foi um exagero", afirmou.

Sobre a sua administração, Gil Paraibano falou que tem trabalhado muito pelo desenvolvimento de Picos e que tem o apoio de todos os segmentos da sociedade picoense. " As pesquisas indicam a minha postura como gestor e a minha popularidade junto à população. A prefeitura readquiriu a credibilidade e hoje toda empresa vende para nós. A auto-estima do picoense está em alta e ando de cabeça erguida", finalizou.

FOTOS: MAURÍCIO POKEMON







Fonte: Marcos Moraes