Gilmar Mendes diz que faltam R$ 250 milhões para eleições deste ano

Presidente do TSE descartou, no entanto, o adiamento das eleições

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, anunciou nesta quinta-feira (19) que faltam cerca de R$ 250 milhões no orçamento da Justiça Eleitoral para que sejam realizadas as eleições municipais deste ano. 

“Como vocês sabem o fundo partidário sofreu um aumento significativo, portanto, se destacaram recursos para o fundo partidário e faltou para o TSE”, disse o ministro a jornalistas após a sessão da Corte Eleitoral.

Mendes afirmou que já esteve reunido por duas vezes com o novo ministro do Planejamento, Romero Jucá, para tratar do tema e que o governo interino “está buscando uma solução para o problema”.

O ministro e presidente do TSE descartou a possibilidade de adiar as eleições. “Não podemos adiar. As eleições já estão marcadas e não podemos correr nenhum risco. Isso envolve contratos, fabricação de urnas, recomposição de urnas que não estão de acordo”.


Ministro Gilmar Mendes (Crédito: Reprodução)
Ministro Gilmar Mendes (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações da Agência Brasil