Governador cobra celeridade na conclusão da barragem Nova Algodões

Ele se reuniu com o diretor-geral do DNOCS.

O Governador Wellington Dias esteve, na manhã desta quinta-feira (10), na cidade de Fortaleza-CE, onde se reuniu com o diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), Walter Gomes de Sousa, para tratar de assuntos relacionados ao desenvolvimento do Piauí, como a conclusão da obra da barragem Nova Algodões e projetos de irrigação viabilizados em diferentes municípios do estado.

De acordo com o governador Wellington Dias, existe a necessidade de dar celeridade à obra da Nova Barragem de Algodões. “Essa obra não pode ser tratada com uma obra qualquer em que libera recursos quando tem, por que nós temos por trás dessa obra mais de 800 famílias que foram atingidas na sua renda por falta da barragem da água do rio Pirangí, e inclusive o Estado, a cada ano, coloca um pouco mais de 7 milhões de reais como ajuda social para a proteção dessas famílias, mas isso é emergencial, isso não é pra ser durante tanto tempo como ocorre desde 2010 quando o projeto ficou pronto”, destacou o gestor.

Na ocasião, ficou acordado, junto ao Dnocs, que o Piauí vai fazer uma avaliação de dados demonstrando todas as características da emergência da obra da Barragem Nova Algodões. “O Dnocs vai acompanhar o posicionamento do Estado e o ministro da Integração, Gilberto Occi, disse também que vai acompanhar o posicionamento do Estado e isso vai nos permitir junto ao Ministério do Planejamento a liberação dos recursos para a execução dessa obra com um cronograma em que a empresa tenha a segurança de, em 12 meses, como está previsto, concluir os trabalhos”, afirmou Wellington Dias.

Perímetros irrigados

Outro assunto discutido na reunião foi a elaboração de um planejamento para encontrar soluções para os problemas dos perímetros de irrigação do estado. “Outro plano é assinarmos, no dia 02 de abril, em Guadalupe, um termo de cooperação para o estudo de viabilidade dos projetos adequados para cada um dos perímetros de irrigação, desde tabuleiros litorâneos e platôs de Guadalupe, que já estão mais aprimorados. Porém, precisamos resolver algumas questões para evitar especulação, solução na parte de energia, solução da titulação das áreas e  também de projetos como Lagoa do Piauí, em Luzilândia; Morros dos Cavalos, em Simplício Mendes; Projeto Alvorada do Gurgueia; Projeto Calderão, em Piripiri. Enfim, garantir, com isso, que tenhamos uma parceria do Governo do Estado com Dnocs para garantir produção nessas áreas", destacou o governador.

Governador participa de audiência no Dnocs (Crédito: Ana Costa )
Governador participa de audiência no Dnocs (Crédito: Ana Costa )
Fonte: Com informações do Portal do Governo