Governador entrega poços e assina ordens de serviços em Conceição do Canindé

A previsão é de instalação de 23 poços tubulares no município

Mais quatro comunidades rurais do município de Conceição do Canindé, distante 459 Km ao Sul de Teresina, estão festejando as ações do Programa de Desmobilização da Rota de Carro-Pipa, implementado pelo Governo do Piauí, através da Secretaria Estadual de Defesa Civil, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba. A entrega das obras foi feita no fim de semana pelo governador Wellington Dias, secretário Fernando Monteiro e superintendente regional da Codevasf, Guilherme Gonçalves Almeida.

Nesta etapa, foram inaugurados poços nas localidades Trisidela da Volta, Marreca da Volta, Belo Horizonte e Alagadiço. Um investimento de R$ 96 mil e um benefício para cerca de 95 famílias. No final do ano passado, os moradores da localidade Timóteo foram contemplados com uma dessas obras. Hoje, o morador Mário Gonçalves fala da mudança na vida das famílias daquela comunidade. ?Agora, aquele dinheiro que, antes, era para pagar o carro-pipa é usado para investimento na produção. Sem contar que com água podemos tudo: plantar e criar?, relata.

De acordo com Fernando Monteiro, a ação de perfurar e equipar poços e implantar sistemas de abastecimento d?água em regiões que sofrem por apresentarem infraestrutura hídrica deficiente, consolida-se a cada dia. Até este mês, desde setembro do ano passado, quando o programa começou a ser executado, mais de 350 poços já foram entregues à populações do semiárido piauiense e em outras regiões do estado. Em Conceição do Canindé, por exemplo, a previsão é de que 23 poços tubulares sejam instalados, promovendo a melhoria de vida para mais de 700 famílias, todas moradoras da zona rural.

Em Conceição do Canindé, o governador também assinou diversas ordens de serviços. Serão construídos, com recursos do tesouro estadual, um mercado público na sede do município, orçado em R$ 212 mil; reforma do mercado do povoado Santo Antonio, no valor de R$ 53 mil; construção de uma passagem molhada na localidade Extrema, estimada em R$ 264 mil e um sistema da abastecimento d?água com rede de distribuição, no valor de R$ 360 mil. Além dessas obras, o Governo do Estado e Codevasf firmaram parceria e assinaram ordem de serviço para construção de uma passagem molhada na localidade Boa Vista, orçada em R$ 209 mil.

Açudes

Uma outra ação importante da Defesa Civil do Piauí no atendimento às populações que sofrem com os efeitos da seca e estiagem é a construção de pequenos açudes, conhecidos como "barraginhas". Neste mês, comunidades rurais do município de Avelino Lopes, distante 819 Km de Teresina, no Extremo Sul do Estado, receberam as sete barragens construídas nas localidades Lajeado, Baixão do Bonfim, Nova Vista, Lagoa da Bonina, Vereda da Batalha, Lagoa do Ferreiro e Lagoa do João Albano. Um investimento de menos de R$ 160 mil e um benefício para mais de 400 famílias e cerca de mil animais de pequeno e médio porte.

De acordo com Fernando Monteiro, ?para uma comunidade que não tem água, uma obra dessas, resultado de um investimento de cerca de R$ 20 mil, é mais importante do que uma que custa R$ 1 milhão, porque essas barragens, além de minimizar a necessidade de contratação de carros-pipa, mudam a realidade local, garantindo oportunidades de melhoria de vida e renda?.

Fonte: Defesa Cívil