Governador vai pedir a ANP exploração de gás no Piauí

A revelação foi feita no início da manhã desta segunda-feira (7), pelo presidente da Companhia de Gás do Piauí (Gaspisa), Gustavo Xavier de Oliveira.

O governador Wilson Martins vai solicitar à Agência Nacional de Petróleo (ANP) que a área do lado piauiense da bacia do rio Parnaíba, onde foi encontrada grande concentração de gás, seja colocada em leilão o mais rápido possível, para que possa ser iniciada sua exploração comercial.

A revelação foi feita no início da manhã desta segunda-feira (7), pelo presidente da Companhia de Gás do Piauí (Gaspisa), Gustavo Xavier de Oliveira. A bacia, segundo ele, é a mesma que já começa a ser explorada na localidade Capinzal, no Maranhão, pela OGX, empresa do Grupo EBX, que atua na área de exploração e produção de petróleo e gás natural.

?Estamos solicitando à ANP mais informações sobre as pesquisas realizadas do lado piauiense, que foram feitas na mesma época do lado maranhense, para que o governador possa se reunir com os técnicos da agência para tratar do assunto", revela Gustavo Xavier.

Em 2008, o geólogo Eduardo Wataru Yoshino, responsável pelas pesquisas sísmicas em 37 municípios do Sul do Piauí, admitiu que realmente existiam indícios da presença de gás natural na região ao Norte de Floriano. Ele fez a revelação na presença do diretor-geral da ANP, Haroldo Lima, que visitava a área das pesquisas na companhia do então governador Wellington Dias.

O trabalho liderado por Eduardo Yoshino serviria para a ANP traçar o mapa das regiões prospectáveis e que seriam posteriormente colocadas em leilão público. Na época, segundo o geólogo, já existia um mapa da região com ?áreas de interesse?.

Como a ANP colocou apenas a parte do Maranhão em leilão, Wilson Martins vai conversar com o presidente da agência, para solicitar que a parte do Piauí possa ser incluída no próximo leilão de blocos, que ainda não tem data marcada.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br