Governador W. Dias deve destinar R$ 30 milhões para a Uespi

Uespi apresentou bons resultados em 2015 e é destaque no Sisu.

Em reunião com reitores e pró-reitores da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), o governador Wellington Dias anunciou que a instituição deverá ser contemplada com R$ 30 milhões, oriundos da operação de crédito junto ao Banco Mundial. Para ter acesso ao recurso, os gestores da universidade deverão elaborar um planejamento de melhorias para os campi do Piauí.

O melhoramento deve incluir a qualificação profissional, incremento salarial dos servidores, obras estruturantes, equipamentos para laboratórios e adequações nos prédios dos cursos de saúde e a possibilidade de destinar um hospital público a ser utilizado pelos alunos como hospital escola.

As melhorias a serem implementadas na Uespi foram pleiteadas pelo reitor da universidade, Nouga Cardoso, que está em férias mas participou do encontro com o governador, durante o qual admitiu que a instituição necessita de investimentos, dentre eles a mudança de nível e progressões do corpo docente, melhorias salariais para os servidores e ampliação da estrutura de pessoal e aquisição de equipamentos.

“Um dos pedidos que fiz ao governador e ao secretário de Saúde, Francisco Costa é referente à destinação de um hospital estadual para que seja utilizado como hospital escola pelos alunos dos cursos da área de saúde. O governador é sensível à questão e deve aquiescer o nosso pedido”, explicou.

O chefe do executivo do Estado solicitou que a Uespi juntamente com a Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Cepro) fizessem um levantamento das ações da universidade junto à comunidade acadêmica e comunidade em geral “para entender as demandas e planejar o Piauí".

A Uespi atende a 22 mil alunos, 280 professores com doutorado e, em parceria com a Escola de Governo, 343 servidores públicos estaduais fizeram cursos de pós graduação.

Bárbara Melo, reitora em exercício da Universidade Estadual, destacou que a universidade oferece muitos serviços à sociedade, como cursos de autoestima, psicologia e empreendedorismo para a população da terceira idade; parcerias com movimentos sociais; cursos de línguas e cursos à distância, dentre outros. “A intenção da reitoria é expandir o projeto”, garantiu Bárbara Melo.

Wellington Dias
Wellington Dias


Fonte: Ascom