Governador Wellington fala sobre desafio da educação na idade certa

W. Dias se reuniu com dirigentes de Educação do Nordeste.

O governador Wellington Dias participou, na manhã desta sexta-feira (22), no Metropolitan Hotel, de encontro com dirigentes municipais de Educação do Nordeste. A reunião discutiu o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa na Região Nordeste (Pnaic Nordeste). O encontro foi organizado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Governador Wellington Dias
Governador Wellington Dias

O Pnaic é um compromisso firmado entre os governos Federal, Estadual e Municipal com o objetivo de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental.

Durante o encontro, o governador destacou os desafios da alfabetização na idade certa. “Trabalhar a alfabetização de uma geração até oito anos de idade requer o apoio do Estado aos municípios, já que a primeira infância, com as séries iniciais, é de responsabilidade dos municípios”, pontuou o chefe do executivo estadual.

Wellington declarou que o encontro é uma oportunidade de realizar uma troca de experiências com os secretários da Educação dos outros estados do Nordeste, os representantes da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e com o secretário nacional de Educação Básica, Manuel Palácios.

O secretário nacional citou a experiência do Governo do Ceará, que está há oito anos desenvolvendo um trabalho contínuo com a alfabetização infantil nos anos iniciais.

“O trabalho é basicamente apoiar o professor, fornecer material didático de qualidade para dar suporte ao trabalho do docente, fortalecer as instâncias de gestão e superintendências regionais. O segredo é somar esforços para atingir os índices que alguns estados já alcançaram”, garantiu Manuel Palácios.

A secretária da Educação, Rejane Dias, destacou que a preocupação da Seduc é com a formação do professor para melhorar as práticas de ensino e aprendizagem. “O foco é sempre voltado para a valorização do professor e aprendizagem dos alunos”, admitiu Rejane.

A secretária afirmou que tem buscado fortalecer as parcerias com os municípios. “Um exemplo dessas parcerias que deram certo é o Programa Palavra de Criança, que tem como objetivo proporcionar o acesso da criança de quatro anos de idade ao Ensino Infantil”, explicou a gestora, enfatizando que o programa está presente em 170 municípios e a meta é estendê-lo aos 224 municípios piauienses. 

Fonte: Ascom