Governadora Margarete Coelho quer Piauí na rota das exportações

Coelho propagou os anseios adotados pela medida,

Em audiência com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro, e o presidente da Associação Brasileira de Zonas de Processamento de Exportação (Abrazep), Helson Braga, na última segunda- feira (3), a governadora em exercício Margarete Coelho (PP) estendeu o debate sobre o aperfeiçoamento na legislação que trata do marco legal vigente das ZPEs.

Adotando esse direcionamento, a gestora congregou a união de forças acerca da implantação do regime no país, ensejando o caráter primordial da ação na inserção do Brasil na rota das exportações e principalmente o Piauí, tendo em vista o potencial da produção concretizada no Estado. “Esta é uma tentativa de estabelecer um marco regulatório, que vem sendo discutido há mais de 20 anos. Concluímos que a legislação precisa ser aperfeiçoada em vários pontos. Além disso, reconhecemos que esse é o momento exato, pois os estudos são suficientemente maduros”, indicou.

Com a experiência bem sucedida de países emergentes, como a China, Coelho propagou os anseios adotados pela medida, colaborando para o fortalecimento econômico e a força do Piauí no mercado internacional. “Ter esse marco regulatório para o exportador é muito importante. Para o Piauí, então é importantíssimo, porque nós temos diversos produtos típicos, como a cera de carnaúba, que podem ser exportados”, detalhou. A mobilização da bancada federal piauiense foi contemplada pela governadora, laureando os esforços na construção de um Estado ain-da melhor. “Atualmente, o Piauí tem se destacado por ter a maior quantidade de ofertas de empresas que querem se estabelecer na ZPE de Parnaíba. E sabemos que o que interessa para o Piauí é a possibilidade da ZPE conter o setor de prestação de serviços, porque assim as nossas exportações serão mais impulsionadas”, delimitou.

Em convergência com a atuação dos gestores piauienses, o ministro explicitou o compromisso do Governo Federal na ampliação das exportações. “Temos o compromisso com a am- pliação das exportações e o Ministério sabe que a exportação é um canal fundamental, sobretudo, nesse momento em que o país vive”, finalizou.a

Fonte: Francy Teixeira