Governadores do Ceará e Pernambuco reafirmam prestígio de Wilson Martins

Governadores falaram também sobre o contexto da sucessão eleitoral, com a busca de apoios para a candidatura de Dilma Rousseff

Durante a visita a sede do PSB no Piauí, os governadores de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) e Ceará, Cid Gomes (PSB), reafirmaram a importante posição política ocupada pelo governador do Piauí, Wilson Martins (PSB). Os governadores falaram também da desistência da candidatura do PSB à presidência da República e sobre as articulações políticas em torno do fortalecimento da candidatura da ex-ministra Dilma Rousseff (PT) ao Palácio do Planalto.

Segundo Eduardo Campos, há um momento positivo em todo Nordeste com uma nova geração de homens públicos. O governador ressaltou que ?Wilson Martins tem contribuído nessa nova geração com todo seu talento político?. ?O Piauí terá em seu governo, resultados significativos para seu povo?, ressaltou, citando que o termo de cooperação técnica firmado entre os Estados do Piauí, Ceará e Pernambuco. ?Estamos unidos em grandes projetos?, reiterou.

O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) fez questão de ressaltar que não houve uma desistência de seu irmão, Ciro Gomes (PSB) para uma disputa para a Presidência da República. Segundo ele, a decisão partiu de um consenso com o partido baseado nas alianças regionais. ?Decidimos que seria mais oportuno estabelecer alianças regionais?, frisou. Gomes lembrou que o governo ainda busca o apoio do PTB a nível estadual para formar o ?arco de alianças? em torno da candidatura da ministra Dilma Rousseff à Presidência da República.

Para ele, o apoio do PTB seria ?ideal? para fortalecer um palanque único para a petista em todos os Estados. ?Não sei como ficará esse acordo a nível de Piauí, mas o ideal seria que todos os partidos que compõem o arco de alianças nacional estivessem inseridos em torno da candidatura da Dilma e do Wilson?, analisou. (M.M)

Fonte: Mayara Martins