Governo começa redução de 25% com terceirizados

O objetivo é atingir esse ideal de 25% até o final do ano

O secretário estadual de Administração, Evaldo Ciríaco, afirmou ontem ao Jornal Meio-Norte, que a meta de diminuir em ¼ as despesas com os servidores terceirizados do Governo, já começou. ?A ideia é reduzir os custos sem perder a qualidade. O objetivo é atingir esse ideal de 25% até o final do ano?, revela Ciríaco, destacando que os cortes de gastos começaram este mês.

O secretário, no entanto, não sabe estimar a quantidade de funcionários que prestam serviços ao Estado. ?Não existem contratos do Governo com terceirizados. Nós contratamos empresas, como por exemplo, o caso dos vigilantes, e elas prestam o serviço?, argumenta. ?As empresas estão se adequando à redução, mas é um absurdo dizer que o Estado é quem vai demitir?, pontua o secretário.

ALGUEL DE CARROS- O aluguel de carros pelo Governo estadual, suspenso na última terça-feira por ordem do governador Wilson Martins (PSB), custa mensalmente R$ 1, 5 milhão aos cofres estaduais. A informação, rebate Evaldo, vai de encontro com os dados divulgados pelo senador Heráclito Fortes (DEM), que calculava em R$ 5 milhões o custo mensal de manutenção da frota.

?Essas informações foram passadas por um senador ausente, em seu último ano de mandato, que fala inverdades. Ele devia ter nos procurado, que nós esclareceríamos os dados corretos?, frisa. Para o secretário, a decisão de suspender os aluguéis é motivada pelo interesse em replanejar as despesas com esse setor, criando uma ?folga no fluxo de caixa?. ?Não há nem nunca houve farra?, enfatiza. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte