Governo consegue regularizar distribuição de medicamentos excepcionais

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) anunciou que a partir desta segunda (19) 18 medicamentos excepcionais que estavam com a distribuição suspensa estarão disponíveis para os pacientes

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi) anunciou que a partir desta segunda (19) 18 medicamentos excepcionais que estavam com a distribuição suspensa estarão disponíveis para os pacientes.

A regularização do serviço veio após uma série de negociações do Governo do Estado com os fornecedores, tendo em vista que os débitos chegam a R$ 7,6 milhões, valores que teriam sido empenhados entre julho e dezembro do ano passado e não foram pagos pela gestão anterior.

As medidas adotadas para solucionar o problema ainda passam pela realização de permuta com outros Estados da Federação, contudo, a batalha do Executivo Estadual continua, tendo em vista que dois fármacos, a entacapona 200mg e amantadina 100mg, ambos para tratamento do Mal de Parkinson e que atendem 206 pacientes, ainda não foram encontrados. A previsão, porém, é que dentro de uma semana a distribuição desses remédios também seja normalizada.

Para atender a demanda e tornar o atendimento mais célere, a Sesapi autorizou o aumento de profissionais na unidade, de modo que o funcionamento não seja prejudicado. Ao todo serão oito atendentes e cinco farmacêuticos.

Mensalmente, são atendidos mais de 16 mil pacientes na Assistência Farmacêutica, abrangendo 120 patologias e 197 medicamentos, com unidades em Parnaíba, Picos, Floriano e Bom Jesus.

Ainda no que tange as dificuldades enfrentadas nesta questão, a Sesapi encaminhou os contratos para a Procuradoria Geral do Estado, no intuito de que seja analisada a legalidade do processo licitatório e contratual. A medida não se restringe a pasta e tem sido adotada por todas as Secretarias do Estado.

Clique aqui e curta o Meionorte.com no Facebook

Fonte: Francy Teixeira