Governo diz que já pagou R$ 114,2 milhões para Sucesso

O montante pode ser ainda maior se for levada em conta as obras realizadas pela Emgerpi.

Alegando dívidas do Governo estadual que ultrapassam os R$ 30 milhões, a Construtora Sucesso, empresa do Grupo Claudino, recebeu em 2009 e 2010 um total de R$ 114,202 milhões referentes a repasses por obras. A informação partiu do Governo estadual, que destacou ainda que, somente este ano, a empresa já recebeu R$ 45,584 milhões. Em 2009 o valor desembolsado pelo Estado foi de R$ 68,618 milhões.

O montante foi aplicado em estradas e conjuntos habitacionais como o Jacinta Andrade, onde a construtora foi selecionada para realizar um dos cinco lotes de edificação das 4.200 casas. Informações do Governo apontam ainda que o primeiro pagamento da atual gestão aconteceu uma semana após a posse do governador Wilson Martins (PSB), no dia 9 de abril: R$ 890.752,62. O último pagamento foi realizado em agosto, com uma fatura de R$ 2.199.526,14.

Desde abril a Sucesso já teria recebido R$10,8 milhões. O montante pode ser ainda maior se for levada em conta as obras realizadas pela Emgerpi. Wilson havia afirmado ontem que sabia da existência de alguns trechos de estradas em que faltavam poucos quilômetros para a conclusão da obra e citou a construtora como uma das empresas responsáveis pelas paralisações. O deputado estadual Robert Rios (PCdoB) já havia feito a mesma denúncia na tribuna da Assembléia Legislativa do Piauí (Alepi).

A Sucesso, por outro lado, publicou uma nota ontem em quem calculava as dívidas do Governo em R$ 6,2 milhões em obras realizadas e não pagas e R$ 24,7 milhões em obras em andamento, somando R$ 31 milhões. ?Nos contratos onde não houve pagamento dos valores devidos, foram previamente solicitadas as paralisações aos respectivos órgãos?, disse a nota. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte