Governo do Piauí inaugura maternidade no hospital de Demerval Lobão

A partir desta segunda inicia o atendimento na área da obstetrícia.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) reestruturou o Hospital Estadual João Luiz de Moraes, em Demerval Lobão, ampliando a proposta de serviços oferecidos na unidade de saúde. E, a partir desta segunda-feira (2), inicia o atendimento na área da obstetrícia, com a implantação da maternidade. O serviço será inaugurado às 17h.

O hospital foi dotado de estrutura de maternidade, tanto na parte de instalações físicas, quanto de equipamentos e, agora, de profissionais especializados com condições de fazer atendimento com mais qualidade e segurança para os pacientes.

Com capacidade inicial para atendimento de 52 partos por mês, em período experimental de 90 dias, e com a demanda, a garantia de ampliação nos atendimentos. Para isso, o hospital-maternidade acrescentou à sua estrutura um centro-cirúrgico e uma sala de pré-parto. “É mais uma conquista, mais um avanço no processo de descentralização que se concretiza nesse governo para, cada vez mais, deixar a saúde mais próxima da população. Sempre nesse olhar da Rede Cegonha, com atenção à mulher e um olhar humanizado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Francisco Costa.

A equipe formada por seis obstetras, três anestesiologistas, médicos clínicos e enfermeiras obstetras estão aptos a realizar desde o atendimento de risco habitual, como parto normal, até o parto cesariano.

“Dessa forma, esperamos suprir a demanda que hoje sobrecarrega a Maternidade Dona Evangelina Rosa, seguindo a intenção do secretário Francisco Costa, que é descentralizar o atendimento da maternidade”, declarou Geraldo Júnior, diretor-geral do hospital.

Os investimentos para a readequação do hospital foram de aproximadamente R$ 72 mil. O novo serviço atenderá a população dos municípios de Demerval Lobão, Lagoa do Piauí, Curralinhos, Monsenhor Gil, Miguel Leão, São Miguel da Baixa Grande e São Felix do Piauí, Barro Duro, Passagem Franca e Agricolândia.

Hospital de Demerval Lobão (Crédito: Reprodução)
Hospital de Demerval Lobão (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Portal do Governo do Piauí