Governo e Caixa acertam novos recursos para municípios do Piauí

Investimentos para o Programa de Melhoria Habitacional.

Novos investimentos em habitação e estruturação de prédios públicos estão previstos para 2017 por meio de parcerias entre o Governo do Estado do Piauí e a Caixa Econômica Federal. Em reunião nesta segunda-feira (13), no Palácio de Karnak, com o vice-presidente de Habitação da Caixa, Nelson Sousa, o governador Wellington Dias deu mais um passo rumo à implantação do Programa de Melhoria Habitacional, proposta pioneira do Governo do Piauí que facilitará o crédito público para reformas ou ampliação em casas de famílias de baixa renda.

Com o programa, famílias de renda bruta de até R$ 6 mil poderão ter acesso a financiamentos de R$ 2.500 a R$ R$ 30.000. A reforma ou ampliação deverá ser feita em até 6 meses. As taxas de juros variam de 5% a 6% ao ano com redutor de 0,5% para cotistas do FGTS. Para cada R$ 50 disponibilizado pela Caixa, R$ 1 será depositado no Fundo de Aval do Estado.

Para o governador, a melhoria habitacional vai financiar a compra de material de construção e empregar trabalhadores da área. "O programa permite comprar tijolo, telha, aço, possibilitando que a gente aqueça a economia da construção civil e gere emprego e renda", destacou Wellington Dias.

Ainda na área habitacional, a Caixa apresentou para o Governo do Estado as propostas de crédito para construções de unidades habitacionais na região de Uruçuí, no Sul do Piauí. Com a implementação do Grupo Tomazine, a região foi acrescida de cerca de 3 mil empregos diretos. A proposta do governo é oferecer, de forma planejada, oportunidades de financiamento público em habitação para famílias desses trabalhadores. A ação também prepara o município de Uruçuí, que possui cerca de 21 mil habitantes, para um crescimento urbano planejado.

Balanço Feirão do Servidor

Na audiência com a diretoria da Caixa também foi apresentado balanço positivo do 1º Feirão Habitar Servidor Estadual. Com mais de R$ 60 milhões prospectados, o programa foi referência para outros estados como São Paulo, Goiás e Paraná, oferecendo crédito público para acesso à casa própria de centenas de servidores públicos do Estado do Piauí.

"Agora estamos dando soluções a novas possibilidades de terrenos para permitir a ampliação do projeto que foi um sucesso em 2015 e 2016", prevê o governador Wellington Dias.


Novos convênios

A Caixa Econômica ainda apresentou novas possibilidades de financiamento em andamento para o Governo do Piauí. Uma primeira liberação, mais adiantada, de R$ 315 milhões, está em andamento na Secretaria de Estado da Fazenda. Outro conjunto de recursos no valor de R$ 600 milhões está em fase de enquadramentopara liberação para o Governo do Estado. 

Reestruturação de escolas

O governador Wellington Dias também busca junto à Caixa recursos para a estruturação das escolas da rede estadual. A ideia é aplicar cerca de R$ 1 milhão na reforma e estruturação de mais de 300 unidades escolares do Estado.

O intuito é dar melhores condições para alunos da rede fundamental, do Ensino Médio e do Programa de Certificação Profissional por meio da adequação das escolas públicas. Nas 120 escolas já reestruturadas pelo Governo do Estado, foi registrada uma medida de crescimento de 40% no número de alunos matriculados, o que demonstra, de acordo com o governador, melhorias na condição de ensino.

Fonte: Portal do Governo do Piauí