Governo federal demite 288 servidores por suspeita de corrupção

O governo federal demitiu 288 servidores por suspeita de corrupção

O governo federal demitiu 288 servidores por suspeita de envolvimento em corrupção entre janeiro e novembro deste ano, uma média de 26 por mês em um total de 577 mil trabalhadores.

O levantamento feito  junto à Controladoria-Geral da União (CGU) mostra que o índice é 12% menor em relação ao mesmo período de 2014, quando 329 funcionários públicos foram exonerados pela mesma razão.

Para Carlos Higino, ministro interino da CGU, uma parcela mínima dos servidores expulsos por corrupção é efetivamente punida. “Fizemos um levantamento, até 2008 ou 2009, e pouco menos de 3% eram mandados para a cadeia. Acredito que esse percentual se mantenha até hoje, por uma questão de celeridade dos processos no Judiciário”, calcula o ministro.

Para Carlos Higino, ministro interino da CGU, uma parcela mínima dos servidores expulsos por corrupção é efetivamente punida. “Fizemos um levantamento, até 2008 ou 2009, e pouco menos de 3% eram mandados para a cadeia. Acredito que esse percentual se mantenha até hoje, por uma questão de celeridade dos processos no Judiciário”, calcula o ministro.

Fonte: Com informações do UOL