Governo não vai admitir gestão com fins políticos no Piauí

Governo não vai admitir gestão com fins políticos no Piauí

Lílian também reconheceu o risco do modelo não funcionar, mas admitiu que será humilde para voltar atrás

Foram escolhidos através de seleção e avaliação de currículos, os nomeados para as direções dos hospitais regionais e de referência no Piauí. O objetivo dessa nova proposta é oferecer serviços de qualidade contando com um bom gerenciamento por parte dos gestores. Segundo a secretária estadual de saúde, Lílian Martins, o governador abriu mão da livre negociação das nomeações pelo fato do assunto ser mais amplo.

A secretária Lílian Martins durante entrevista à Rede Meio Norte na tarde desta segunda-feira(21), informou que os escolhidos são profissionais de nível superior, mas que não será permitido uso das direções para fins políticos por parte desses gestores. ? Não admitiremos isso, caso haja deficiência nas gestões, acontecerá a exoneração de forma natural?, afirmou ela.

Lílian também reconheceu o risco do modelo não funcionar, mas admitiu que será humilde para voltar atrás na decisão. ? A mesma comissão que avaliou e escolheu os nomes, também fará a nomeação do segundo colocado em caso de substituição?,disse.

A secretária frisou que o cumprimento da carga horária pelos médicos será fundamental para o alcance das metas. ? Exigiremos uma produção dos profissionais, pois somos conscientes de que só se produz na saúde, se forem oferecidas condições e isso vamos procurar oferecer. Queremos uma gestão de resultados?, finalizou.

FOTOS: HELVIO MENESES







Fonte: Marcos Moraes