Governo prevê até 30 mil em desfile com Dilma no 7 de Setembro

Nesta sexta, na Paraíba, ela pediu 'fé' para superar 'dificuldades'

O governo espera de 25 mil a 30 mil pessoas no desfile do Dia da Independência, na próxima segunda-feira (7), na Esplanada dos Ministérios, que terá a presença da presidente Dilma Rousseff.

Image title

O desfile está marcado para começar às 8h45 e terminar às 10h30. Tradicionalmente, não há pronunciamento da presidente no evento. A cerimônia prevê desfile de estudantes e de grupos militares, além de apresentação da Esquadrilha da Fumaça.

Uma das apresentações previstas será a de um grupo de 60 integrantes do Coral do Colégio Militar de Brasília, que devem cantar para Dilma as músicas “Mulher Rendeira”, “Aquarela do Brasil”, além dos hinos Nacional e da Independência.

Em discurso na Paraíba, nesta sexta (4), a presidente Dilma Rousseff mencionou as comemorações do Dia da Independência e disse que é necessário “ter fé” no país.

"Olhando para o dia 7 de setembro, nós temos de primeiro ter fé neste país, ter fé na nossa própria força. Não sai de ninguém, não sai de uma força externa, não sai de outro país a força para superar as dificuldades", afirmou.

Na última semana, ao ser questionado sobre a participação de Dilma no desfile, o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG), disse que a presidente está “sitiada” e que corre “riscos”.

"O Brasil tem uma presidente sitiada no Palácio. Onde ela for, certamente correrá riscos. [...] Provavelmente ela terá ali, como tem tido nos eventos dos quais vem participando, um grande esquema para protegê-la”, disse.

Fonte: Com informações do G1