Governo quer aumentar arrecadação do ICMS de varejo em até 20%

Isso representa até R$ 150 milhões de acréscimo nos cofres do PI

Os premiados com a campanha ‘Nota Piauiense’ do Governo do Estado foram premiados em solenidade na manhã de ontem no Palácio de Karnak, contudo, as atenções se voltaram aos primeiros resultados do projeto, que é uma aposta do Executivo piauiense no incremento da arrecadação.

O secretário estadual de Fazenda, Rafael Fontelles, comemorou a boa adesão da população, sendo cerca de mil cadastros realizados todos os dias. O gestor prospectou as melhorias viabilizadas pelo crescente desenvolvimento da iniciativa, pautando a meta de elevação de 20% na arrecadação do ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços) de varejo.

Porém, a expectativa positiva só poderá ser sentida no decorrer dos meses, como adiantou o secretário, conduzindo o diálogo perante a estratégia desenvolvida pelo gestão do governador Wellington Dias (PT) na divulgação da campanha, de modo que a sociedade em geral participe e seja beneficiada.

“Quando tiver em pleno funcionamento, com um maior número de cadastros, a perspectiva é incrementar em 20% o ICMS do varejo, isso representa até R$ 150 milhões de acréscimo na arrecadação”, descreveu.

Os anseios com o programa também foram abarcados pelo Chefe do Executivo, elogiando a atuação do consumidor como ‘fiscal’ da sonegação, impedindo que o ato ilícito seja propagado pelo Estado. Com a participação efetiva de todos, a incidência de crimes do tipo diminuirá, alçando efusivamente a arrecadação piauiense a um novo patamar.

“A sonegação antes de tudo cria uma desigualdade entre os empreendedores, onde se apropria do dinheiro do povo, é por isso que nós estamos apostando, hoje o cidadão é o maior fiscalizador”, comentou.

Fonte: Francy Teixeira