Governo vai negociar planos de carreira de dez categorias; saiba

O dos servidores da Universidade Estadual do Piauí está incluído.

O Plano de Cargos, Carreira e Salários de pelo menos 10 categorias, incluindo os servidores da Universidade Estadual do Piauí, só será apreciado pelo Governo no próximo ano. A informação é do secretário estadual de Administração, Paulo Ivan. Segundo ele, o Governo admite a necessidade de reorganizar os PCCS, mas ainda não possui receita para as modificações.

?Além da Uespi, são pelo menos mais 10 categorias que pretendem ter um Plano de Cargos e Salários diferenciados do Plano Geral. O Governo está preocupado em cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, por isso, não pode atender a todos?, explicou Paulo Ivan.

Segundo ele, ?no momento oportuno, quando as finanças do Estado permitirem?, o Estado atenderá às

reivindicações das categorias. Hoje, cerca de 200 servidores técnicos da Uespi ganham, em média, R$ 500

por mês. Com a criação do PCCS, os servidores técnicos da Uespi passariam a ter salários de até R$ 1 mil.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte