Grampo a Tasso provoca reação do PSDB

O PSDB, o DEM e o PPS publicaram uma nota criticando o Governo Lula

O PSDB reagiu ao fato de tr?s senadores - Arthur Virg?lio, ?lvaro Dias e Tasso Jereissati - terem sido grampeados, segundo denunciou a revista Veja. O PSDB, o DEM e o PPS publicaram uma nota criticando o Governo Lula e lan?am um apelo contra os grampos ilegais. Leia mais sobre esse assunto em mat?ria do Congresso em Foco:

Lula recebia relat?rios de grampos ilegais, diz oposi??o

Em nota divulgada nesta quarta-feira (3), os partidos de oposi??o ao governo (DEM, PPS e PSDB) afirmam que o presidente Lula ?recebia relat?rios peri?dicos? baseados em grampos ilegais. Os partidos apelam ?com toda a for?a? ao Judici?rio diante da ?rea??o frouxa? do presidente Lula em rela??o ao grampo contra o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes.

?? preciso que se diga claramente: cai a zero nossa confian?a na capacidade do Poder Executivo de se auto-investigar?. Os partidos oposicionistas tamb?m apelam para que o Congresso ?saia da letargia? e ?contribua para sua pr?pria defesa diante da gravidade das circunst?ncias?.

Reportagem publicada nesse final de semana pela revista Veja revela um di?logo entre o presidente do STF e o senador Dem?stenes Torres (DEM-GO). De acordo com a publica??o, a autora do grampo ? a Ag?ncia Brasileira de Intelig?ncia (Abin). Ainda de acordo com a revista, os ministros Jos? M?cio (Rela?es Institucionais) e Dilma Rousseff (Casa Civil); o presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), o senador Ti?o Viana (PT-AC) e os senadores do PSDB Alvaro Dias (PR), Arthur Virg?lio (AM) e Tasso Jereissati (CE) tamb?m foram grampeados.

Na noite da segunda-feira (1?), o presidente Lula determinou o afastamento tempor?rio da c?pula da Abin, at? que os fatos sejam esclarecidos.

?A mera hip?tese de que esse fato venha a permanecer n?o-esclarecido, impune, faz girar para tr?s vinte anos a roda da democratiza??o do Brasil, que tem no Supremo Tribunal Federal e no Congresso Nacional seus principais guardi?es. Trata-se de um atentado ao livre funcionamento do STF e do Senado e, portanto, ? pr?pria democracia?, afirma a nota dos partidos de oposi??o.

Fonte: Ceará Agora, www.cearaagora.com