Heráclito pede que TRE investigue caravanas do PT

Heráclito pede que TRE investigue caravanas do PT

Segundo Heráclito, essas carreatas são feitas com carros de luxo e aviões que estariam transportando militantes do partido.

O senador Heráclito Fortes (DEM-PI) fez um apelo nesta sexta-feira, em pronunciamento no Plenário, para que o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí investigue "de maneira profunda" as ações do PT no Piauí, principalmente as caravanas que o partido vem realizando por várias cidades, sob a argumentação de comemorar 30 anos de existência.

Segundo Heráclito, essas carreatas são feitas com carros de luxo e aviões que estariam transportando militantes do partido, "numa dicotomia estranha, porque diferencia muito daquele partido que andava de fusca e de kombi".

"Eu quero fazer um apelo ao Tribunal Eleitoral do Piauí no sentido de que investigue de maneira profunda o que está sendo feito no estado. Não é possível que essas caravanas continuem da maneira acessível como estão sendo feitas: com o uso da máquina pública e, acima de tudo, com gasto do dinheiro público".

Para Heráclito, se o tribunal eleitoral fizer um cruzamento de dados com os preços pagos pelo governo do Piauí no aluguel de carros de luxo e aviões e cruzar esses valores com o preço de mercado, "vai ver o tamanho do escândalo que se comete hoje, no Piauí, com recurso público".

O senador também classificou como grave o fato de o governador do estado, Wellington Dias, prometer a conclusão de trechos de estradas e outras novas obras, apesar de anunciar que vai deixar o governo em abril para disputar nova eleição em outubro. Conforme o parlamentar, várias dessas obras, que são promessas de campanha, estão paralisadas ou sequer foram iniciadas.

Para cumprir as promessas, segundo Heráclito, o governador tem pressionado construtoras a concluir obras que estão paradas por falta de pagamento. Conforme explicou, essas construtoras não recebem repasse de recursos desde outubro do ano passado.

Fonte: Ascom