Heráclito quer prorrogar CPI das ONGs

Fortes acredita que a MP das filantrópicas pode dar novo fôlego à comissão

O presidente da CPI das ONGs, senador Her?clito Fortes (DEM-PI), est? coletando assinaturas pedindo a prorroga??o da comiss?o por mais seis meses. O estopim para o pedido de mais prazo ? a Medida Provis?ria 446, que d? anistia a entidades filantr?picas suspeitas de irregularidades. A CPI tem t?rmino previsto para o dia 22 de novembro. O pedido de prorroga??o precisa de 27 assinaturas entre os 81 senadores.

Fortes acredita que a MP das filantr?picas pode dar novo f?lego ? comiss?o. Ele justifica ainda a amplia??o do prazo com o argumento de que as investiga?es em andamento na comiss?o ainda n?o estariam conclu?das.

?Vamos encerrar como? Com que relat?rio? Temos que apurar, quebrar sigilo e investigar. A MP est? gerando a maior pol?mica e ? um fato novo que surpreendeu todo mundo?, disse o presidente da CPI.

Desde 19 de agosto a CPI n?o conseguiu realizar uma reuni?o sequer. Neste meio tempo at? o presidente da comiss?o mudou. Fortes assumiu o comando ap?s Raimundo Colombo (DEM-SC) se licenciar do Senado. Para tentar retomar os trabalhos, ele convocou os colegas para uma reuni?o administrativa na pr?xima ter?a-feira (18).

Fonte: g1, www.g1.com.br