Hillary Clinton: 'Devemos aceitar resultado e olhar para o futuro'

Ela disse que sentia orgulhosa e grata pela maravilhosa campanha

Candidata derrotada nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, a democrata Hillary Clinton fez nesta quarta-feira (9), em Nova York (EUA), um pronunciamento reconhecendo a vitória do republicano Donald Trump na eleição para presidente dos Estados Unidos.

"Espero que [Donald Trump] seja um presidente bem-sucedido para todos os americanos", afirmou. "Devemos aceitar o resultado e olhar para o futuro", defendeu.

Ela reconheceu que o país sai "profundamente dividido de uma eleição disputadíssima", e por isso se ofereceu para ajudar o novo presidente "no que for preciso para garantir uma transição pacífica".

Hillary disse que sentia orgulhosa e grata pela "maravilhosa campanha" que fez e agradeceu seus apoiadores e se desculpou "por não ter vencido essa eleição":

"Vocês representam o melhor da América", agradeceu, sob aplausos.A candidata derrotada afirmou que a derrota é "dolorosa e será por algum tempo" e que a nação está mais "dividida do que todos queremos", mas que não se pode parar de lutar por aquilo que é correto e vale a pena.Agradeceu ainda especificamente às mulheres, dizendo que nada mais a orgulhava do que ser a "campeã" delas.

E terminou repetindo que "somos mais fortes juntos", lema de sua campanha presidencial, convocando seus apoiadores a seguir em frente e se dizendo "incrivelmente honrada". Às 14h53 (horário de Brasília), encerrou seu pronunciamento, seguido de um beijo do marido, Bill Clinton, à sua direita no palco, e da filha Chelsea.

Hillary telefonara durante a madrugada para cumprimentar o republicano Donald Trump e reconheceu a derrota. Trump contabilizava, até o início da tarde desta quarta, 276 votos no Colégio Eleitoral dos Estados Unidos, seis a mais do que o necessário para vencer a disputa (270). Hillary somava 218 votos.A candidata democrata, em caso de vitória, se tornaria a primeira mulher presidente dos Estados Unidos.

O resultado adverso foi recebido com surpresa e perplexidade, uma vez que pesquisas e projeções apontavam vitória de Hillary. Mas ela acabou perdendo em Estados considerados essenciais, como Flórida, Ohio e Carolina do Norte.

O resultado final das eleições norte-americanas ainda não saiu, pois faltam contabilizar votos de Estados, como Washington e Califórnia. Entretanto, a vitória de Trump é irreversível.

Hillary Clinton (Crédito: AP Photo/Andrew Hamik)
Hillary Clinton (Crédito: AP Photo/Andrew Hamik)


TRANSIÇÃO

Para esta quinta-feira (10), foi marcado o primeiro encontro sobre a transição na Presidência dos Estados Unidos. Reunirá na Casa Branca, em Washington, o presidente Barack Obama e o presidente eleito.

Segundo comunicado oficial da Presidência divulgado nesta quarta, "garantir uma transição de poder suave é uma das prioridades do presidente identificada no começo do ano e um encontro com o presidente eleito é o próximo passo".

Donald Trump assume a Presidência da República em 20 de janeiro de 2017, para um mandato de quatro anos.

Fonte: Uol