Hillary Clinton vai comparecer à posse de Dilma dia 1º

Hillary Clinton vai comparecer à posse de Dilma dia 1º

Cerimônias de posse serão ensaiadas neste domingo (19)

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, vai representar os Estados Unidos nas cerimônias de posse da presidente eleita, Dilma Rousseff, segundo informou nesta sexta-feira (17) o Itamaraty. Também estão presentes nove chefes de Estado, entre eles os presidentes de Colômbia, Juan Manuel Santos, Venezuela, Hugo Chávez, Peru, Alan García, Bolívia, Evo Morales, Uruguai, José Mujica, da Guatemala, Álvaro Colom, Chile, Sebástian Piñera, El Salvador, Maurício Funes e da Guiné Conacri, Sékouba Konaté.

A cerimônia do dia 1ª de janeiro, também contará com a presença dos primeiros-ministros de Portugal, José Sócrates, da Coreia do Sul, Lee, Myun-Bak, do Qatar, Hamad Bin Jassim, do Haiti, Jean Bellerive e do Marrocos, Habbas El Fassi. A Espanha será representada pelo príncipe Felipe de Bourbon. A França ainda não confirmou quem representará o país. Apesar de ter declarado em Paris que compareceria à posse, o presidente da França, Nicolas Sarkozy, ainda não confirmou presença.

Cerimônias

A posse terá quatro eventos principais: assinatura do termo de posse no Congresso Nacional, transferência da faixa presidencial no Palácio do Planalto, posse dos ministros de governo e coquetel no Itamaraty. Haverá dois ensaios até o dia 1º, um no domingo (19) e outro no próximo dia 26.

O primeiro ato da presidente no dia da posse é um cortejo em carro aberto, às 14h10. A bordo do Rolls Royce presidencial, Dilma sairá da Catedral de Brasília, em direção ao Congresso Nacional. O grupo de trabalho definiu um ?cortejo alternativo?, em caso de chuva, para o deslocamento e a chegada ao palácio do Legislativo.

Nesse caso, o desfile será feito em carro fechado, e Dilma entrará no Congresso pela chapelaria, que é coberta. Se o tempo estiver bom, ela subirá a rampa de mármore, onde será recebida pelos presidentes do Senado e da Câmara. É no plenário do Congresso, às 14h30, que ela e o vice-presidente eleito, Michel Temer (PMDB), serão empossados.

Por volta de 16h, Dilma volta a desfilar em carro aberto até o Palácio do Planalto. Será recebida às 16h30 na rampa da sede do governo pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que transmitirá a ela a faixa presidencial.

Com a faixa, a presidente receberá os cumprimentos dos chefes de Estado e autoridades presentes. Em seguida, ela desce a rampa do Planalto para acompanhar Lula e a primeira-dama, Dona Marisa, que deixam o palácio em um ato simbólico.

Após se despedir de Lula, Dilma dará posse aos ministros do futuro governo, dentro do Planalto. Às 17h, ela discursará no parlatório, que fica na área externa do Planalto, voltado para a Praça dos Três Poderes. Às 18h30, a presidente oferece um coquetel no Itamaraty para autoridades e missões estrangeiras.

Fonte: g1, www.g1.com.br