IBOPE: índice de confiança de Dilma sobe de 18% para 33%

Houve um crescimento de 15% comparado com pesquisas anteriores

Recente pesquisa do Ibope revela que a presidente Dilma Rousseff teve seus índices de confiança aumentando desde que foi afastada.

Segundo os dados Dilma teve um crescimento de 15% comparado com pesquisas anteriores. A primeira, realizada em março, e a segunda, em meados de abril. A segunda pesquisa ainda é inédita.

“Dilma passou de 18% para 33% de confiança”, comentou Carlos Augusto Montenegro, presidente do Ibope.

As duas mostram estabilidade no porcentual de confiança, embora mantivessem o grau de desconfiança dos eleitores elevado. Ambas foram realizadas antes dos resultados da votação de admissibilidade do afastamento de Dilma na Câmara e no Senado.

Segundo informações da Carta Capital, os números da terceira pesquisa, de maio, indicam um impacto forte nos índices “confia”, para cima, e “não confia”, para baixo. Ou seja, o número de pessoas que confia aumentou e o número das que desconfiam diminuiu.

A queda da desconfiança caiu de 76% para 65%. Porcentuais ainda preocupantes para Dilma, porém, com tendência de queda.

O resultado surpreendeu a muitos. Dilma, tudo indica, está em processo de recuperação política.


Índice de confirança em Dilma cresceu 15%
Índice de confirança em Dilma cresceu 15%


Fonte: msn