Inauguração da Comunidade Luz e Vida gera boas expectativas

Na ocasião acontecerá ainda o II Encontro das Comunidades Terapêuticas Norte-Nordeste, que vai de 8h30 às 19h, na sede da Instituição.

Em parceria com o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí (Emater-PI), a Comunidade Terapêutica Luz e Vida, da Fazenda da Paz, localizada na Cacimba Velha, será inaugurada na próxima quinta-feira, 18. Na ocasião acontecerá ainda o II Encontro das Comunidades Terapêuticas Norte-Nordeste, que vai de 8h30 às 19h, na sede da Instituição.

Em visita ao local na última terça-feira, 16, o diretor geral do Emater, Francisco Guedes, ressaltou a importância da integração do Instituto com a Fazenda da Paz. ?É um trabalho integrado do Governo do Estado com a Fazenda da Paz, em que o Emater se sente muito prestigiado de participar, porque se trata da ressocialização de dependentes químicos, onde ao lado da área social e dos trabalhos educativos, existe também o trabalho de capacitação e um trabalho produtivo, de geração de uma profissão, com destaque para a agroindústria, especialmente do beneficiamento do caju, para a produção de polpa, cajuína, doces e demais produtos?, afirmou.

Também estiveram presentes na visita o articulador da rede temática de Produtos e Mercados diferenciados, Assis Veloso, o assessor técnico, Gilberto Barbosa e o coordenador de Operações do Emater e coordenador do Projeto Produtivo, Francisco Amorim.

De acordo com Francisco Amorim, a parceria junto à Fazenda da Paz tem um sentido muito importante, porque é um trabalho novo que lida com dependentes químicos, que através de uma terapia ocupacional e de uma profissionalização, tem uma oportunidade de voltar à sociedade com autoestima.

?O objetivo maior do Projeto Luz e Vida é o sentimento de dar uma contribuição diferente do nosso trabalho rotineiro junto ao agricultor familiar, é uma assistência técnica a um público diferenciado. É um projeto inovador, um momento de contribuição para a reinserção de jovens e adultos ao seio da sociedade?, explica o coordenador de Operações do Emater.

As metas planejadas a serem desenvolvidas na Comunidade Terapêutica Luz e Vida, são: reinserção social de 160 jovens e adultos, implantação de 1,0 ha com horta orgânica para produção de hortaliças, implantação de uma unidade didática de 2,5 ha com irrigação por aspersão para produção de culturas anuais, implantação de uma unidade didática de piscicultura com um viveiro de 1.500m² para produção de 300 kg/mês de peixes, implantação de pomar com 20 ha de cajueiro anão precoce, para produção de polpas e castanhas, implantação de um jardim clonal e um jardim de sementes com 4,0 ha, para produção de 25.000 mudas de cajueiro anão precoce, e a implantação de uma agroindústria para processamento de polpas (cajuína e doces).

Segundo Célio Luiz Barbosa, fundador e coordenador geral da Fazenda da Paz, a parceria com o Emater vai valorizar o homem em retorno à sociedade, ?nós vivemos num Estado com vocação agrícola, então ele (dependente químico) vai aprender uma profissão em que poderá se reinserir tanto na sociedade, quanto no mercado de trabalho?, finalizou.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br