"Inauguramos Portal Brasil com 30% do conteúdo esperado", diz Lula

"Inauguramos Portal Brasil com 30% do conteúdo esperado", diz Lula

Governo espera reunir 500 serviços no portal

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em seu programa de rádio semanal, o ?Café com o presidente?, que foi ao ar na manhã desta segunda-feira (8), que o Portal Brasil, lançado na última semana, com o objetivo de agregar informações e serviços prestados pelos órgãos federais e ministérios , conta com apenas 30% do conteúdo esperado.

"Nós estamos apenas no começo, porque inauguramos o Portal Brasil com cerca de 30% de tudo o que queremos dar de informação para o povo brasileiro. Nós queremos chegar a 100%", disse. O presidente chamou o portal de "Google brasileiro".

Entre as informações que constam no portal, ainda segundo o presidente, estão dados sobre a Previdência Social, agricultura empresarial, agricultura familiar e índices de geração de empregos.

O Portal Brasil terá 12 áreas de conteúdos temáticos: cidadania, saúde, educação, ciência e tecnologia, Brasil, cultura, economia, esporte, geografia, história, meio ambiente e turismo.

O portal poderá ajudar também os estrangeiros que querem informações para investimentos e estudos no Brasil. O conteúdo poderá ser traduzido para o inglês e espanhol.

Investimento em irrigação

Lula também falou sobre a importância de investimentos em irrigação para garantir o aumento da capacidade produtiva do país. Na semana passada, o presidente entregou a primeira etapa do Projeto Salitre , um projeto de irrigação na região de Juazeiro (BA).

"O Projeto Salitre é importante não apenas para o Nordeste, é importante para o Brasil. Nós temos um potencial de irrigação extraordinário. Só no Nordeste brasileiro, nós ainda temos 750 mil hectares de terras prontas para serem irrigadas. No Sudeste, nós temos 3 milhões de hectares; no Sul, nós temos 3,2 milhões hectares; no Centro-Oeste, 4 milhões de hectares; e na Região Norte do país, mais de 14 milhões de hectares", afirmou.

O presidente falou ainda da intenção de inaugurar o projeto em Irecê (BA). "É a forma que a gente tem de desenvolver o Nordeste brasileiro e oferecer frutas de qualidade produzidas no Brasil."

Fonte: g1, www.g1.com.br