INSS sequestra R$ 340 mil do FPM de C. Maior

Prefeitura afirma que não tem como honrar folha de pagamento dos servidores, de R$ 1,5 milhões.

Ao conferir o caixa da Prefeitura de Campo Maior após o repasse da primeira parcela do Fundo de Participação do Município (FPM) referente ao mês de março, o prefeito Paulo Martins (PT), que está há apenas um mês no cargo, tomou um susto.

O Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) descontou R$ 340 mil do FPM, alegando que o município deve ao órgão. Com isso, a prefeitura ficou com o caixa zerado. Paulo Martins afirma que, assim, a Prefeitura de Campo Maior não tem como honrar a folha de pagamento dos servidores, estimada em R$ 1,5 milhão.

Segundo Martins, desde 2005 as irregularidades vêm acontecendo na prefeitura, na primeira gestão do prefeito Joãozinho Félix (PPS), que foi reeleito em 2008 e cassado pela Justiça Eleitoral no final do ano passado.

Por conta disso, Paulo Martins vai entrar com um mandado de segurança contra Félix, junto ao Tribunal de Justiça.

Fonte: Portal Meio Norte, www.meionorte.com