Internet pode ser uma grande aliada na hora de escolher voto; veja

Internet pode ser uma grande aliada na hora de escolher voto; veja

Sites são ferramenta para descobrir histórico e contas prestadas.

A internet é uma ferramenta útil aos eleitores que querem se informar antes de votar. Sites de organizações não governamentais e oficiais do governo disponibilizam dados sobre o processo eleitoral, como o histórico dos postulantes a cargos públicos, andamento de processos e também permitem avaliar gestões e propostas (confira a tabela com alguns sites e serviços no fim do texto).

Um dos maiores bancos de dados está no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na página Divulga Candidatos 2012, há informações enviadas pelos 15.521 candidatos a prefeito e 449.488 candidatos a vereador que tiveram o registro homologado no país, como descrição de bens, certidões criminais e pendências judiciais. Além disso, é possível ter acesso às propostas de governo dos candidatos ao Executivo.

"Quanto mais informações objetivas o eleitor puder colher sobre seu candidato, mais objetiva será sua decisão", diz o especialista em corrupção Cláudio Weber Abramo, diretor da ONG Transparência Brasil. "O voto, quanto mais racional, melhor", acrescenta.

O juiz eleitoral Márlon Reis, diretor do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), também alerta para a importância do cidadão conhecer o candidato antes de ir às urnas. ?Hoje em dia a internet é uma grande ferramenta. O próprio TSE e os Tribunais de Contas dos estados disponibilizam dados sobre os candidatos. Neste ano, a pedido do MCCE com base na Lei de Acesso à Informação, o TSE está liberando, pela primeira vez, parciais das contas de campanha antes do pleito. Quem quiser fazer sua parte como eleitor e investigar seu candidato pode até saber quem são os doadores?, ressalta o juiz.

A prestação de contas disponível no TSE é uma primeira parcial, entregue em agosto pelos candidatos. Até 6 de setembro, deverá ser apresentada a segunda prestação. A final só é entregue após as eleições. As informações encontram-se em planilhas na parte ?Eleições ? Repositório de Dados Eleitorais? do site do TSE. A assessoria do tribunal informa que as planilhas são organizadas de forma automática e sequencial conforme o recebimento dos dados e que o eleitor, querendo outro ordenamento, pode filtrar e classificar os dados em uma planilha.

Fonte: G1