Ismar Tavares deixa o PCB e se filia ao Partido Verde

Ismar almejava uma vaga na Assembléia Legislativa e acredita que o PCB “parou no tempo”.

O professor Ismar Tavares, que disputou a Prefeitura de Teresina em 2008 pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB), leva agora seus 10 mil votos ao Partido Verde (PV), no qual se filiou na tarde de ontem. A solenidade, comandada pela presidente regional do PV, vereadora Teresa Britto, contou com a participação de membros da executiva estadual e de Teresina.

?Pretendo construir uma história bonita dentro do PV. Quero participar do processo de desenvolvimento sustentável que o partido se propõe a implantar no Piauí para mudar a vida das pessoas?, argumentou Tavares. Os imbróglios entre o professor e o PCB foram motivados pela decisão da sigla em não lançar nenhuma candidatura nas eleições deste ano. Ismar almejava uma vaga na Assembléia Legislativa e acredita que o PCB ?parou no tempo?.

Teresa ressaltou que o PV é o partido que mais cresce no Brasil, principalmente depois do ingresso da senadora Marina Silva, que concorre à Presidência. Segundo a vereadora, a agremiação tem sido procurada não só por pessoas que defendem o meio ambiente, mas também por aqueles que pretendem resgatar a ética na política.

?Fomos o primeiro partido a inserir, de forma espontânea, a determinação de ficha limpa para todos os filiados. O PV não é um partido de aluguel. O professor Ismar Tavares, um educador, que defende a ética na política, dono de grandes ideais para os piauienses, é muito bem vindo?, afirmou Britto. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte