Itamaraty diz que recebeu informação sobre 96 brasileiros no Nepal

Com magnitude 7,8, foi o mais violento dos últimos 80 anos no país e provocou vários tremores secundários e diversos deslizamentos no monte Everest. Até este domingo (26), o governo havia localizado 6

 O Itamaraty informou nesta segunda-feira (27) que recebeu informações sobre 96 brasileiros que estavam no Nepal durante o terremoto que ocorreu no sábado (25). Nenhum dos brasileiros localizados sofreu ferimentos, segundo as informações mais recentes do governo federal.

No sábado (25), um terremoto atingiu o Nepal. Com magnitude 7,8, foi o mais violento dos últimos 80 anos no país e provocou vários tremores secundários e diversos deslizamentos no monte Everest. Até este domingo (26), o governo havia localizado 60 brasileiros.

Image title


Por meio da assessoria de imprensa, o Itamaraty informou que a Embaixada do Brasil em Katmandu, capital do Nepal, "segue mobilizada para prestar o apoio necessário aos cidadãos brasileiros que se encontram no país".

Apesar de haver mais de 3 mil mortos após o terremoto, não há, até o momento, informação sobre a presença de brasileiros entre as vítimas fatais, segundo o Itamaraty. "Os brasileiros localizados pela Embaixada e pela Divisão de Assistência Consular do Itamaraty não sofreram ferimentos e estão recebendo toda a assistência consular cabível", informou a assessoria do órgão.

Segundo o Itamaraty, o pessoal da Embaixada do Brasil em Nova Délhi, que é a capital da Índia, foi deslocado para reforçar a equipe da Embaixada em Katmandu, com o objetivo de ampliar o atendimento aos brasileiros no Nepal.

Um centro de atendimento a brasileiros foi também estabelecido no aeroporto da capital do Nepal. O governo brasileiro também informou que a embaixada brasileira continuará a monitorar a situação e a acompanhar a evolução dos acontecimentos no Nepal.

Cruz Vermelha

Após o desastre natural ocorrido no Nepal, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) ativou uma página na internet para auxiliar o contato entre familiares em busca de informações sobre vítimas.

De acordo com o comitê, o site foi criado para que pessoas no Nepal e no exterior possam registrar os nomes dos parentes com quem desejem restabelecer contato. A ferramenta também permite uma busca no registro das pessoas desaparecidas ou que responderam que estão vivas, além da possibilidade de fazer registro do nome de pessoas que desejam informar que estão bem.

Veja a íntegra da nota divulgada pelo Itamaraty:

A Embaixada do Brasil em Katmandu segue mobilizada para prestar o apoio necessário aos cidadãos brasileiros que se encontram no país. Até o momento, o Ministério das Relações Exteriores recebeu informações sobre 96 brasileiros já localizados que estavam no Nepal durante o terremoto.

Os brasileiros localizados pela Embaixada e pela Divisão de Assistência Consular do Itamaraty não sofreram ferimentos e estão recebendo toda a assistência consular cabível. Não há, até o momento, informação sobre a presença de brasileiros entre as vítimas fatais.

Pessoal da Embaixada do Brasil em Nova Délhi foi deslocado para reforçar a equipe do Embaixada em Katmandu, com o objetivo de ampliar o atendimento aos brasileiros no Nepal. Um centro de atendimento a brasileiros foi também estabelecido no aeroporto da capital. A Embaixada continuará a monitorar a situação e a acompanhar a evolução dos acontecimentos naquele país.

Fonte: G1