João Mádison defende PMDB para presidir Assembleia Legislativa do Piauí

Segundo o parlamentar, o PMDB tem que estar unido para trabalhar na escolha do novo nome para a vaga no Tribunal de Contas

O líder do Governo na Assembleia, deputado à reeleição João Mádison (PMDB), defendeu ontem que o partido busque novamente a presidência da Assembleia Legislativa. A tese de João Mádison é de que o PMDB é o maior partido e fez a maior bancada da Casa. “Fizemos 18 deputados estaduais com essa coligação, o PMDB é o maior partido, com o maior número de deputados”, afirmou o deputado.

Segundo o parlamentar, o PMDB tem que estar unido para trabalhar na escolha do novo nome para a vaga no Tribunal de Contas, que compete à Assembleia aprovar, e na disputa pela presidência da Casa. “Eu defendo o nome do Themístocles Filho, porque é o nome que tem o maior entendimento da casa e trabalhou muito pelo Legislativo, teve erros, mas nós temos que buscar agora é corrigir estes erros e eu acredito nisso”, afirmou João Mádison em entrevista concedida nesta tarde.

SEGUNDO TURNO - Com relação a postura do PMDB para o segundo turno às eleições presidenciais, o deputado acredita que o nome de Aécio Neves (PSDB) é a melhor opção para o Brasil no atual momento. “O Aécio fez um excelente trabalho em Minas Gerais, tanto que saiu com mais de 90% de aprovação. E chegou a hora da mudança, a hora do novo. Chegou o momento da renovação, o Partido dos Trabalhadores está há muito tempo no poder e isso atrapalha a gestão porque trás vícios”, acrescentou.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: Savia Barreto