João Pessoa terá primeiro candidato gay a prefeito do País

João Pessoa terá primeiro candidato gay a prefeito do País

Renan Palmeira (Psol) terá como cabo eleitoral o deputado Jean Willys (Psol-RJ)

João Pessoa será a primeira capital brasileira com um candidato a prefeito militante dos grupos de defesa Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Trangêneros (LGBT). No domingo passado, o Psol oficializou a pré-candidatura do professor Renan Palmeira, homossexual, militante LGBT e integrante do Movimento Espírito Lilás.

Ele venceu a convenção interna do Psol e sua candidatura será oficializada em maio, durante a convenção do partido. Ele vai receber o apoio do deputado federal Jean Willys (Psol-RJ) durante a campanha. A intenção é que Willys apareça tanto em eventos do partido durante a campanha, quanto nas propagandas em rádio e TV.

O pré-candidato a prefeito de João Pessoa afirmou nesta terça-feira (27) que sua candidatura tem o intuito de despertar o debate não somente das questões relacionadas ao grupo LGBT, mas também provocar uma reflexão sobre as demais minorias brasileiras e os problemas urbanos de João Pessoa. ?Nossa candidatura é emblemática porque é uma resposta ao preconceito?, disse Palmeira.

A expectativa é que Palmeira enfrente em João Pessoa o ex-prefeito de João Pessoa, João Maranhão (PMDB), o deputado federal Luciano Cartaxo (PT) e Estelizabel Bezerra (PSB). Mas Palmeira acredita que o maior adversário serão as elites conservadoras da Paraíba. ?Existem políticos que já estão fazendo campanha contra nossa candidatura?, afirmou.

Segundo informações da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) 132 pessoas do movimento LGBT já são pré-candidatas para as eleições de 2012 em 22 estados. Um total de 20 partidos em todo o Brasil já conta com candidatos LGBT, entre eles até o PP, o PSC e o PSDC.

Fonte: IG