Jornal: Dona do Magazine Luiza pode comandar novo ministério

Trajano deve ocupar a futura Secretaria da Micro e Pequena Empresa.

A empresária Luiza Helena Trajano, dona da rede de lojas Magazine Luiza, confirmou que foi convidada pela presidente Dilma Rousseff para assumir um posto no governo, mas negou que já tenha aceitado a missão. Trajano deve ocupar a futura Secretaria da Micro e Pequena Empresa. A criação da pasta, que terá status de ministério, tem de ser aprovada pelo Congresso.



Diante da sondagem feita à época, Trajano pediu um tempo para se desvencilhar de suas funções na companhia, enquanto Dilma ficou de acelerar a tramitação do projeto que cria o 39º ministério de seu governo.

A proposta recebeu, recentemente, o carimbo de urgência na tramitação, trancando a pauta de votações se não for apreciada em 45 dias.

Além de tocar as ações do setor de micro e pequena empresa, Trajano, se aceitar o convite, cuidará de políticas públicas na área da economia solidária. Esse desenho desagrada petistas.

O partido alega conflito entre planejar ações para essas duas áreas. Para o PT, o primeiro visa ao lucro e o segundo atua de modo associativo, cujo princípio é a divisão dos ganhos entre todos.

Identificada com o perfil gerencial de Dilma, a empresária avalia se este é o melhor momento para se afastar da rede varejista, que abriu o capital na Bolsa em maio.

Fora do dia-a-dia da rede de lojas, Trajano preside o conselho de administração e cuida mais de assuntos estratégicos da varejista.

Empresária engajada, Trajano sempre participou de entidades patronais do varejo nacional. Ela preside o IDV (Instituto para o Desenvolvimento do Varejo) e faz parte do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social.

A proprietária da Magazine Luiza é próxima de Dilma. É recebida pela presidente sempre que solicita, enquanto muitos donos de empresas, até mesmo de multinacionais, esperam há meses por um encontro.

Fonte: Folha.com