José Hamilton vai propor a Wellington Dias legislação tributária

O exemplo do Ceará foi citado pelo parlamentar

Tangenciando iniciativas que reforcem o agronegócio piauiense, o deputado estadual José Hamilton (PTB) se reunirá com o governador Wellington Dias (PT) nos próximos dias para tratar da criação de uma legislação estadual tributária específica para a área, aspecto amplificado pela meta de desenvolvimento, abstraindo alternativas à elevação da geração de emprego e renda.

Aportando esse meio, a expectativa é que haja uma dinamização no mercado, confluindo para o aumento na comercialização. "O Piauí tem capacidade, precisamos começar a abrir esse mercado. Não estamos inventando a roda. Se o Ceará, no momento de seca e de crise faz o que faz, o Piauí também pode fazer. Basta começar", indicou.

O exemplo do Ceará foi citado pelo parlamentar, tomando como base os índices apropriados pela ente federativo que sobretaxou os produtos de origem animal, como o leite importado de outros Estados com cobrança de 45% de impostos para entes do Sul e Sudeste e 37% para as outras regiões.

O deputado busca o fortalecimento da produção no Piauí, visando a retomada do posto entre os maiores produtores do país. "Vamos sentar com o governador Wellington Dias para propor a criação de uma legislação tributária específica para o setor leiteiro. Em momentos de crise, é essencial descobrir alternativas para a superação dos problemas, para geração de emprego e renda", impôs.

O instrumento legal ainda ajudaria na proteção da produção de soja e outros setores do agronegócio, viabilizando novos horizontes na área, indicando para a abertura de milhares de emprego.

A produção de grãos nos Cerrados e as bacias leiteiras de Teresina, Oeiras e Corrente foram citados por Hamilton durante o discurso na Assembleia, impondo o potencial dos municípios e regiões elencados.Tangenciando iniciativas que reforcem o agronegócio piauiense, o deputado estadual José Hamilton (PTB) se reunirá com o governador Wellington Dias (PT) nos próximos dias para tratar da criação de uma legislação estadual tributária específica para a área, aspecto amplificado pela meta de desenvolvimento, abstraindo alternativas à elevação da geração de emprego e renda.

Aportando esse meio, a expectativa é que haja uma dinamização no mercado, confluindo para o aumento na comercialização. "O Piauí tem capacidade, precisamos começar a abrir esse mercado. Não estamos inventando a roda. Se o Ceará, no momento de seca e de crise faz o que faz, o Piauí também pode fazer. Basta começar", indicou.

O exemplo do Ceará foi citado pelo parlamentar, tomando como base os índices apropriados pela ente federativo que sobretaxou os produtos de origem animal, como o leite importado de outros Estados com cobrança de 45% de impostos para entes do Sul e Sudeste e 37% para as outras regiões.

O deputado busca o fortalecimento da produção no Piauí, visando a retomada do posto entre os maiores produtores do país. "Vamos sentar com o governador Wellington Dias para propor a criação de uma legislação tributária específica para o setor leiteiro. Em momentos de crise, é essencial descobrir alternativas para a superação dos problemas, para geração de emprego e renda", impôs.

O instrumento legal ainda ajudaria na proteção da produção de soja e outros setores do agronegócio, viabilizando novos horizontes na área, indicando para a abertura de milhares de emprego.

A produção de grãos nos Cerrados e as bacias leiteiras de Teresina, Oeiras e Corrente foram citados por Hamilton durante o discurso na Assembleia, impondo o potencial dos municípios e regiões elencados.

Fonte: Francy Teixeira