Juiz se recusa a casar homem negro com mulher branca

O juiz Keith Bardwell, que é branco, se recusou a casar casal americano

O juiz Keith Bardwell, que é branco, se recusou na semana passada a formalizar a união de Beth Humphrey, de 30 anos, e seu namorado, Terence McKay, de 32

índice de notícias Helicóptero cai durante operação em favela do Rio de Janeiro e mata dois PMs

Colômbia expressa indignação por protesto contra Uribe na festa da MTV Latina

Suspeita de bomba faz avião retornar ao aeroporto meia hora depois de decolar

Incêndio destrói parte do acervo do artista plástico Hélio Oiticica

Filha de político americano publica foto ousada no Twitter

Nova prova do Enem deve chegar à gráfica nesta sexta-feira

Marge Simpson vai sair na Playboy. Qual outra gostosa dos desenhos gostaria de ver na revista?

Um juiz de paz do estado americano da Louisiana, no sul do país, provocou intensa controvérsia após se negar a oficializar o casamento de uma mulher branca com um homem afro-americano.

O juiz Keith Bardwell, que é branco, se recusou na semana passada a formalizar a união de Beth Humphrey, de 30 anos, e seu namorado, Terence McKay, de 32.

Ao saber dos protestos gerados por sua decisão, Bardwell explicou hoje à versão digital do jornal The Hammond Star que sua atitude não teve conotações racistas e que foi impulsionada pelo desejo de proteger os possíveis filhos do casal.

Para Bardwell, os filhos de casais interraciais são rechaçados tanto pela comunidade negra, quanto pela comunidade branca. "Não faço casamentos interraciais porque não quero pôr as crianças em uma situação na qual vão sofrer", afirmou.

Louisiana é um dos estados de maior população negra nos Estados Unidos e derrubou as leis que proibiam os casamentos interraciais só em 1967.

Beth Humphrey considerou a decisão do juiz como "uma discriminação flagrante". A representação na Louisiana da União Americana de Liberdades Civis (ACLU, na sigla em inglês) pediu às autoridades do estado para que apliquem "as sanções mais severas disponíveis" contra Bardwell.

Fonte: AE