Justiça do Rio suspende direitos políticos de Cesar Maia

Justiça do Rio suspende direitos políticos de Cesar Maia

O ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia teve seus direitos políticos suspensos

O ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia teve seus direitos políticos suspensos por cinco anos em uma sentença proferida na terça-feira pela Justiça. Segundo o juiz Ricardo Coimbra Barcellos, da 13ª Vara de Fazenda Pública, Maia foi condenado por improbidade administrativa por ter autorizado a liberação de R$ 149 mil, em 2004, para a construção da Igreja de São Jorge, em Santa Cruz, na zona oeste da capital.

Em sua sentença, o juiz disse que a Constituição não admite a utilização de dinheiro público para a construção de um templo de uma única igreja. O magistrado também determinou que Maia pague uma multa no valor da verba liberada. De acordo com a Justiça, ainda cabe recurso da decisão.

Além de Maia, foram condenados a Empresa Municipal de Urbanização (Rio-Urbe) e seu ex-presidente Jorge Roberto Fortes, o diretor financeiro Gerônimo de Oliveira Lopes e o assessor jurídico Lourenço Cunha Lana, a empresa Studio G Construtora Ltda e a Mitra Arquiepiscopal do Rio de Janeiro. A ação civil pública foi proposta pelo Ministério Público estadual.

Fonte: Terra, www.terra.com.br