JVC ganha ações contra Sílvio e Wilson

O TRE-PI determinou o corte imediato da propaganda eleitoral gratuita na televisão e no rádio de seis candidatos

Depois de ser punida pela Justiça Eleitoral, a coligação ?Por um Piauí novo?, encabeçada pelo senador João Vicente Claudino (PTB), conseguiu ontem duas decisões judiciais favoráveis contra o horário eleitoral das coligações ?A força do povo?, que tem como candidato ao Governo o ex-prefeito Sílvio Mendes (PSDB) e ?Para o Piauí seguir mudando?, do governador Wilson Martins (PSB).

De acordo com a decisão judicial, aprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI), ?há pedido ilegal de apoio à candidatura majoritária?, ou seja, a utilização do tempo dos candidatos proporcionais (senadores, deputados estaduais e federais) com vinhetas contendo a promoção dos candidatos a governador.

O TRE-PI determinou o corte imediato da propaganda eleitoral gratuita na televisão e no rádio de seis candidatos a deputado estadual das coligações em que há pedido de apoio à candidatura majoritária, até que seja apresentado outro programa eleitoral dos candidatos representados.

As propagandas que contenham a vinheta de abertura "Sílvio 45 governador", também serão suspensas até que a coligação representada apresente propaganda que retire a vinheta, sob pena de multa diária no valor de R$ 2 mil. Sílvio já havia sido punido na última quarta-feira pelo mesmo motivo mas, dessa vez, a autora da ação foi a coligação de Martins.

O tucano perdeu 20 segundos no tempo na propaganda eleitoral. Já João Vicente teve que retirar as vinhetas ?Vote 14, João Vicente!?, ?Por um Piauí Novo, vem 14?, ?Vem João Vicente!? e ?Por um Piauí Novo 14?, veiculadas durante o tempo da propaganda destinada aos candidatos proporcionais. A coligação ?Por um Piauí novo? também foi a autora da ação. (S.B.)

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte