JVC reafirma apoio a Dilma e descarta Dias

Claudino destacou ontem que pretende manter o apoio à ex-ministra da Casa Civil, Dilma Roussef (PT), à Presidência.

A pré-candidatura do PTB à governador, representada pelo senador João Vicente Claudino (PTB), é para valer e está cada vez mais longe de um entendimento com o nome mais forte para comandar a base aliada: o governador Wilson Martins (PSB). Claudino destacou ontem que pretende manter o apoio à ex-ministra da Casa Civil, Dilma Roussef (PT), à Presidência. Ele ressaltou que a decisão, contudo, não significa uma aliança estendida com o ex-governador Wellington Dias para senador. Também está marcada para hoje uma reunião entre João Vicente e o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, em Brasília, onde será discutido o posicionamento nacional e local do petebista. ?Sempre apoiamos o presidente Lula e queremos continuar assim?, disse. As intervenções do Palácio de Planalto ainda podem render mudanças no quadro político piauiense. Foi com a presença de Padilha no Piauí que a saída de Dias conseguiu ser selada na semana passada. No plano nacional o PTB se alinha na oposição, apesar de alguns representantes, como Claudino, apoiarem a candidatura presidencial governista. O senador pretende ainda montar uma chapa independente para o Senado mas, para isso, ainda aguarda a resposta de potenciais aliados, como o PMDB. Até o momento, nove siglas já teriam demonstrado interesse em formar uma coligação com o PTB. ?Não temos mágoa de ninguém?, pontua. A oposição reafirmada por Claudino só ficará na parte política, já que na esfera administrativa o senador enfatiza que não se opõe ao atual governo do PSB. ?Fizemos parte deste Governo desde 2002 e não fomos eleitos para sermos oposição ao povo?, justifica.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte