Kassab vai para o PMDB e pretende levar seus aliados

Em conversas na última semana com aliados, o prefeito disse que aguardará a eleição

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), disse aos aliados que definiu sua ida para o PMDB. Além disso, ele deu início às negociações para ampliar a participação da sigla no governo e formar uma terceira força política em São Paulo, com potencial de romper a polarização entre PT e PSDB. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Em conversas na última semana com aliados, o prefeito disse que aguardará a eleição do novo comando do DEM, em março, para anunciar a sua saída. Kassab articula a ida dos 70 prefeitos paulistas do DEM para o PMDB, que governa 68 cidades.

Assim, ele conseguiria criar a segunda maior força partidária no Estado, ameaçando a hegemonia dos tucanos, que governam São Paulo desde 1995 e têm mais de 200 prefeituras.

Fonte: Terra, www.terra.com.br