Kim do Carangueiro trabalha para transformar Luiz Correia em vitrine para o turismo do Piauí

Prefeitura de Luiz Correia realizou mutirão da limpeza com o apoio do Governo do Estado

O prefeito de Luiz Correia, Kim do Carangueiro, disse em entrevista ao Jornal Agora, da TV Meio Norte, o que está fazendo para transformar a cidade litorânia na vitrine e porta de entrada do turista no Piauí. "Colocamos 10 carros e 145 homens recolhendo lixo para mudar a cara do município, construíndo uma cidade limpa, alegre, atraente. Fizemos esse mutirão da limpeza com o apoio do Governo do Estado. A cidade agora não tem mais acúmulo de sujeira nas calçadas, ruas e avenidas. Assim estamos revitalizando Luiz Correia", disse Kim do Carangueijo. O prefeito falou ainda da qualificação do seu secretariado que teve como critério principal a formação técnica e a identificação com a cidade de Luiz Correia.

O prefeito destacou ainda que a Prefeitura de Luiz Correia receberá no próximo sábado, dia 10, dois auditores para fazer um levantamento do patrimônio do município, além de identificar a situação deixada pelo seu antecessor, Toimzinho. "Vamos trabalhar com transparência e sempre abrindo as portas da Prefeitura. Na administração passada roubaram equipamentos da prefeitura, abandonaram os funcionarios com décimo e três meses de salário atrasado, em outros casos com cinco meses atrasados. Eu recebi uma fila de pessoas na Prefeitura querendo receber informações sobre os pagamentos atrasados. Eu orientei que estarei honrando os salários a partir de Janeiro, dia 01 ao dia 30. E que para liquidarmos o atrasado precisamos esperar para fazer um caixa e liquidar as contas da Prefeitura", explicou Kim do Carangueijo.

MUDANÇA DO NOME PARA AMARRAÇÃO

Kim do Carangueijo defendeu a mudança do nome da cidade de Luís Correia para Amarração. Segundo o prefeito, trata-se de um resgate histórico da cultura do município. "Luiz Correia foi um parnaibano que estudou em Fortaleza, fez carreira nessa cidade e foi sepultado na capital do Ceará. Se você quer uma cidade turística precisa resgatar sua história, e Amarração faz parte da cultura com os barcos que chegavam e eram amarrados, esse ato deu origem ao nome da cidade que é a união de "amar" e "ação". Uma cidade turística precisa se identificar com sua cultura", explicou Kim do Carangueijo.

FOTOS APÓS MUTIRÃO DA LIMPEZA EM LUIZ CORREIA

















Fonte: Ananias Ribeiro, meionorte.com